Depois de um complexo processo negocial de desburocratização dos mecanismos e de cumprimento das regras impostas por Israel para a exportação de animais vivos, seguido pelo deputado Pedro do Carmo, o eleito acompanhou com o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, o embarque dos 500 ovinos e dos 3.500 bovinos para Israel.

É inequívoca a importância do momento para a agricultura do Baixo Alentejo e de Portugal, na medida em que se trata de mais um mercado à disposição da produção nacional numa altura em que Portugal está a consolidar o esforço de aumento das exportações para países terceiros, afirma o parlamentar Pedro do Carmo, na nota de imprensa enviada à nossa redação. Acrescenta que este acontecimento exorta a manter a capacidade de resiliência no Baixo Alentejo, a continuar a lutar pela criação de oportunidades para a defesa da economia local e a prosseguir o caminho de desenvolvimento com qualidade da fileira agroalimentar da região e que se abriu uma porta, uma grande oportunidade de negócio.

Estima-se que Israel possa vir a importar entre 40 e 50 mil ovinos por ano, havendo a possibilidade de complementar o uso da via marítima com a utilização do transporte aéreo para exportação de animais vivos.


Comente esta notícia

Galeria de fotos