Marcha por Abril CGTP-IN

O distrito de Beja vai marcar presença na marcha contra a exploração e o empobrecimento que a CGTP-IN agendou para o próximo dia 19 na Ponte 25 de Abril, em Lisboa. A iniciativa foi chumbada pelo Ministério da Administração Interna, que assumiu como vinculativo um parecer emitido pelo Conselho de Segurança da Ponte 25 de Abril, ainda assim, a CGTP não desiste  e vai pedir uma reunião com o ministro da Administração Interna, o conselho de segurança da ponte e os autarcas de Lisboa e Almada.

Aquilo que se pretende é que os portugueses mostrem um cartão "vermelho" ao Governo, Casimiro Santos, coordenador da União de Sindicatos do Distrito de Beja, estrutura afecta à CGTP-IN, afirma que a acção foi marcada numa altura em que já vai ser conhecida a proposta de Orçamento de Estado para 2014 que, ao que tudo indica, vai penalizar ainda mais os portugueses.


Comente esta notícia

Todos para a luta. Temos que mostrar a indignação, pois como diz o velho ditado: \"QUEM CALA CONSENTE\" ESTOU LÁ

Fernando Araujo

30/11/-0001

Deveríamos paralisar o País. para colocar o PR em posição de instabilidade obrigando a tomar uma atitude, em vez de andar a levar o PM ao colo.

Eduardo Rodrigues

30/11/-0001