Médico

 Sair só quando absolutamente necessário, como seja, para o normal abastecimento de alimentos e medicamentos ou para idas a unidades de saúde só por motivos de força maior, fazer a lavagem repetida e demorada das mãos e praticar os gestos de etiqueta social recomendados, não ter contactos físicos, espirrar ou tossir para o cotovelo e guardar pelo menos 2 metros de distância em locais públicos são os conselhos deixados.

No comunicado é feito o apelo “ao espírito de comunidade de todos, no sentido do respeito mútuo e da solidariedade, certos de que a vitória nesta batalha é garantida, dependendo de todos e de cada um de nós que ela se concretize no mais curto prazo possível”.

O Conselho sub-regional de Beja da Ordem dos Médicos associa-se ainda ao pedido dos profissionais do Centro de Saúde de Beja ao divulgar o apelo junto de quem veio do estrangeiro nos últimos 14 dias e sente necessidade de expor dúvidas sobre a sua condição, a fim de evitar deslocar-se ao Centro de Saúde pode enviar um email com a sua questão para

ucsp.beja.covid@ulsba.min-saude.pt


 



Comente esta notícia