Simbolo Bloco de Esquerda

Em nota de imprensa, o BE refere que foram “colocadas várias questões à presidente da Assembleia Municipal de Beja, por escrito, sobre a situação de pandemia no concelho, pela deputada Gina Mateus, no passado dia 7, que ficaram sem resposta” e revela agora, as novas que foram efetuadas ao mesmo órgão, mas no passado dia 14 e que incluem matérias sanitárias, económicas e sociais, no concelho de Beja. Um documento enviado com conhecimento ao presidente da Câmara, Paulo Arsénio.

Gina Mateus, deputada municipal do BE, identifica algumas das questões colocadas, entre elas como pensa o Município “suprir a falta de meios tecnológicos nas famílias do concelho, sentida no âmbito da interrupção das atividades letivas presenciais”.

O BE faz perguntas, também, sobre o apoio aos idosos que não estão institucionalizados e aos imigrantes do concelho. As declarações são, igualmente, de Gina Mateus.

O BE quer saber, ainda, como pensa a Câmara de Beja “resolver a questão da placa «ameaçando com covid-19» como tática para se fechar o caminho municipal 1063, usando argumentos que provocam o medo na população, uma situação que se arrasta desde 2018”.


Comente esta notícia