idosos

Durante a operação, os militares privilegiaram o contacto pessoal com as pessoas idosas em situação vulnerável, no sentido de sensibilizarem e alertarem este público-alvo para a adoção de comportamentos de segurança que permitam reduzir o risco de se tornarem vitimas de crimes, como burlas, furtos, ou ainda situações de violência, bem como para a adoção de medidas preventivas de propagação da COVID-19.

Na operação “Censos Sénior 2020”, a GNR sinalizou um total de 42.439 idosos que vivem sozinhos e/ou isolados, ou em situação de vulnerabilidade, dos quais 3403 pertencem ao distrito de Beja.


Comente esta notícia