alimentos biológicos

O prazo da consulta pública estende-se até 30 de setembro, sendo objetivo desta ação delinear e consolidar a estratégia global que está a ser "desenhada" pelo Grupo de Trabalho criado em junho passado e o objetivo do Governo é apresentar uma Estratégia Nacional para este setor até 31 de outubro, avança o Ministério da Agricultura, em nota de imprensa.

Para o secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Amândio Torres, está-se "a progredir e a promover a qualidade alimentar através do aumento da produção em modo biológico, ao mesmo tempo" que se "concretiza um objetivo do XXI Governo Constitucional" e que se vai "ao encontro dos objetivos da estratégia Europa 2020 e da Política Agrícola Comum (PAC)". Amândio Torres acrescenta que "é importante dinamizar este setor, capaz de dar um enorme contributo para o desenvolvimento rural, sobretudo em articulação com a reprogramação do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020) que está em marcha". Segundo o secretário de Estado, "em causa estão novos postos de trabalho, altamente qualificados, envolvendo jovens, e uma aproximação à terra e a um modo de produção mais ecológico, que se traduz em melhor qualidade alimentar". Amândio Torres remata, dizendo que "não se pode deixar de fazer crescer este projeto, implementando esta estratégia o mais rapidamente possível, para que todo o território possa avaliar novas possibilidades", declarações que chegaram também, à redação da Voz da Planície, através de nota de imprensa.

No ano de 2015 o número de produtores biológicos atingiu um total de 3.837, os processadores e transformadores eram 304 operadores e registaram um crescimento apreciável e tendo em conta a evolução da expressão do setor, o objetivo desta consulta pública é ampliar a discussão sobre o assunto, permitindo que os cidadãos e partes interessadas participem na formulação e definição da estratégia, através de um instrumento de apoio e recolha de opiniões sobre a importância de um conjunto de questões, através de um questionário on-line disponível na página web da Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR) em http://www.dgadr.mamaot.pt/, refere ainda, o documento do Ministério da Agricultura.


Comente esta notícia