Emigrantes Baixo Alentejo

Esta revelação chegou à Voz da Planície através de comunicado enviado pelos deputados do PS, eleitos por Beja. Neste documento é referido que estas iniciativas reagem a um problema existente nos territórios do litoral e que devem ser assumidas como um princípio de reflexão e de ação sobre a problemática da integração das comunidades imigrantes, que neste momento se alarga a todo o território do Baixo Alentejo.

Telma Guerreiro, deputada do PS, eleita pelo circulo eleitoral de Beja, refere que estes projetos “são mais do que projetos que visam melhor integração das comunidades emigrantes”.

Telma Guerreiro diz, também, que o PS do Baixo Alentejo considera que a partir destas iniciativas, se estabeleçam soluções comuns de habitação, de apoio social e de saúde e de integração das dezenas de milhares de imigrantes em toda a região, valorizando os princípios de cidadania e as competências dos imigrantes em benefício da região e do país.

Posto isto, Telma Guerreiro garante que o PS do Baixo Alentejo procurará introduzir, através do reforço do empenho e compromisso do trabalho até aqui realizado pela deputada, uma resposta abrangente a todas as comunidades e concelhos da região. As autarquias e a Comunidade Intermunicipal devem também ser envolvidas nestas resoluções.


Foto: Público


Comente esta notícia