Pauta

Este é um projeto que tem como finalidade ajudar os músicos do Alentejo a minimizarem os efeitos da pandemia, situação que deixou muitos artistas sem rendimentos devido ao cancelamento de muitas das atividades programadas.

O projeto tem três fases, na primeira os autores/músicos são desafiados a comporem uma maqueta com uma ou mais músicas originais inspiradas no tempo que se vive e nos sentimentos que cada um tem perante a situação. Numa segunda fase, as maquetas serão analisadas/selecionadas pelas duas estruturas impulsionadoras do projeto, que farão a escolha de 10 artistas/músicas para gravação no Estúdio de Som do Musibéria, em Serpa, em formato de CD. Na terceira, e última fase, será realizado um concerto com os artistas selecionados para apresentação pública das músicas escolhidas.

António Revez, da Lendias d'Encantar, diz que “os órgãos nacionais e locais não tomaram as medidas necessárias para ajudar os artistas” e que “esta é uma das motivações deste projeto”, ou seja “colmatar esta falta, no sentido de ajudar os criadores”.

O projeto «AminhaCasaÉUmaPauta» “estimula a criatividade e propõe alguns desafios aos artistas”, que António Revez revela.

Recentemente foi lançada pelo Governo uma linha de apoio, com 30 milhões de euros, dirigida aos municípios e com o objetivo de promover atividades artistas durante os meses de verão. António Revez frisa que se “sabe muito pouco sobre este apoio, nomeadamente se é, ou não, para acrescentar ao anterior, amplamente divulgado”. Seja como for, António Revez considera que “é preciso fazer alguma coisa porque há artistas a passar fome e sem capacidade financeira para fazerem face aos seus compromissos”.

A organização do projeto «AminhaCasaÉUmaPauta» garante 600 euros por música selecionada, despesas de gravação, edição e publicação das obras, bem como espaços e meios técnicos para o concerto de apresentação.


Comente esta notícia