petição amalentejo

Em nota de imprensa é valorizado o esforço feito por um conjunto de apoiantes de AMAlentejo na recolha das 3502 assinaturas obtidas até ao dia 31 de Dezembro.

Segundo o comunicado “trata-se sem dúvida de um número significativo e importante atendendo ao pouco tempo decorrido desde o lançamento da Petição Pública e, sobretudo, a algum atraso no lançamento da recolha de assinaturas em suporte de papel”.

Ainda assim, é afirmado que “tal facto não pode entretanto levar a ignorar o fraco empenho da generalidade das organizações e instituições da região que parecem conformadas à ideia que tudo está resolvido e nada mais há fazer que aguardar e ter paciência”.

José Soeiro, do AMAlentejo, afirma que a Petição pretende reforçar e reavivar uma “velha” reivindicação.

A Comissão Dinamizadora espera conseguir, durante este mês de Janeiro, as 4 mil assinaturas necessárias para que a Petição possa ser discutida em Plenário da Assembleia da República.


Comente esta notícia

obviamente que a electrificação é absolutamente necessária,para o desenvolvimento da o B.Alentejo, tal como outras estruturas,Aeroporto e mais albufeiras evitando as secas que tanto prejudicam o ambiente.

antonio gomes anacleto

06/01/2020