Aljustrel

A autarquia de Aljustrel frisa que “a elaboração deste plano, com o respetivo financiamento acoplado, será determinante para a estratégia e para a visão do que se pretende realizar nesta década em território nacional, estando a realizar o Governo, neste momento, uma audição pública”.

O município revela que “remeteu como determinante para o desenvolvimento social e económico do concelho de Aljustrel, mas também da região, a construção da Variante de Aljustrel, uma vez que a autarquia já recebeu a informação de que o Estudo Preliminar já foi aprovado pela Infraestruturas de Portugal e porque esta obra já se encontra inscrita no Programa Nacional de Investimentos (PNI). Entende, por isso, a Câmara de Aljustrel, que seria também importante que esta obra fosse integrada neste Plano de Ação”.

A Câmara de Aljustrel gostaria, ainda, de ver inscritas no âmbito do Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020-2030, as áreas empresariais previstas para o concelho de Aljustrel. Tendo destacado, deste modo, a Área de Acolhimento Empresarial de São João de Negrilhos, o Centro de Negócios de Aljustrel, a Área de Acolhimento Empresarial de Ervidel e a Expansão da Área de Acolhimento Empresarial de Aljustrel.

O município realça que “estas são intervenções que já estão aprovadas no âmbito do Alentejo 2020, encontrando-se as mesmas em execução ou a aguardarem o início do procedimento contratual”.

A Câmara de Aljustrel considera que “em qualquer uma delas seria importante a beneficiação dos respetivos acessos rodoviários”, uma vez que, “será determinante para a melhoria de condições para as empresas, mas também, pela centralidade geográfica que Aljustrel apresenta, para a atração de novos negócios e de investimentos, que beneficiarão este concelho, mas também a região em que se insere, potenciando novos postos de trabalho e novas oportunidades”.

O Município de Aljustrel identificou, ainda, para este Plano de Ação as infraestruturas de apoio e de acolhimento para empresas nascentes em Rio de Moinhos e no Carregueiro; o Parque de Investigação, Tecnologia e Desenvolvimento de Aljustrel/Centro de Transferência de Conhecimento e Tecnologia, a localizar a sul da zona denominada por +25; o Parque Empresarial e Logístico da Mancoca, de iniciativa privada, e o Centro Tecnológico e Agroalimentar.


Comente esta notícia