Aljustrel

Em nota de imprensa, a Comissão Coordenadora do Concelho de Aljustrel da CDU considera que “o documento não está orientado para as reais responsabilidades que a autarquia deveria ter para com as necessidades e intervenções urgentes que as populações constatam e reclamam, para a gestão do território e desenvolvimento do concelho, muito menos no que concerne à definição de propriedades”. O eleito da CDU Manuel Nobre dá voz às razões que levaram a Coligação a abster-se, frisando que falta, nos documentos previsionais, visão estratégica para o desenvolvimento do concelho.

Manuel Nobre deixa alguns exemplos dos projetos que, na opinião da CDU, deveriam constar dos documentos previsionais e que ficaram de fora.

Ainda de acordo com a CDU, os seus eleitos “desde o início de 2019 que têm vindo a apresentar propostas e contributos para a melhoria da qualidade de vida e desenvolvimento do concelho, sem que consiga encontrar verdadeiro reflexo das mesmas neste orçamento, tendo inclusive entregado na Assembleia Municipal de Setembro um conjunto de 29 medidas urgentes”.


Comente esta notícia