crianças arqueólogos

Esta escolha deve-se, sobretudo, à importância que os trabalhos arqueológicos têm tido no concelho, nomeadamente, para ajudar a compreender o seu passado e a sua história.

A iniciativa que agora decorre, tem como público-alvo as crianças do pré-escolar e do 1.º ciclo, numa primeira fase, consistiu na recriação de uma área arqueológica, que foi propositadamente instalada no museu, e os alunos participantes, munidos de pás, pincéis, picaretas, baldes e sacos de acondicionamento, transformam-se em pequenos arqueólogos.

Nesta escavação “a fingir” as crianças recolhem os vários fragmentos que consideram importantes, como cerâmicas, dedicando-se ainda à limpeza, catalogação e restauro das peças, sempre acompanhadas pelas técnicas do museu. A acção, porém, só termina com uma visita ao laboratório de restauro do Museu Municipal de Aljustrel onde, de facto, decorrem os verdadeiros trabalhos.


 


 



Comente esta notícia