Agricultura

“Com proximidade e interação com o governo, o deputado Pedro do Carmo, que também é presidente da Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar da Assembleia da República, tem sustentado as dificuldades sentidas pelo Mundo Rural e procurado contribuir para as respostas e as soluções”, é frisado por Pedro do Carmo no documento enviado à nossa redação.

No comunicado, o Ministério da Agricultura recorda que em “outubro foram pagos aos agricultores 420 milhões de euros” correspondentes “a adiantamento das ajudas incluídas no chamado pedido único (Ajudas Diretas, Apoio às Zonas Desfavorecidas e Medidas Agro-ambientais)”. E o deputado do PS, eleito por Beja, Pedro do Carmo, refere-se, igualmente a este montante, recordando que foi suportado em “em agosto”, um adiantamento de 50% - no valor de 31 milhões de euros) e será pago o restante adiantamento até a 15 de novembro no valor de 22,8 milhões de euros - este valor é um adiantamento e representa 6% do valor pago, em outubro, do PU2020 (5% do valor de ajudas pagas ao setor pelo IFAP). O mesmo é frisado no documento do Ministério da Agricultura.




Comente esta notícia