Covid África

Segundo explica o comunicado da ADPM, o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua publicou os resultados das candidaturas à Linha de Cofinanciamento de Projetos de ONGD (Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento), no âmbito da pandemia da COVID-19.

Entre as candidaturas aprovadas, está o “SUPERAR a pandemia nas ilhas de Santo Antão, São Vicente e Maio” (Cabo Verde), que integrará entidades como o Instituto Marquês de Valle Flôr e a ADPM, bem como, diversos parceiros daqueles territórios. Um projeto que pretende dar apoio na adoção das medidas necessárias para enfrentar a COVID-19, ajudando as empresas e os operadores turísticos daqueles territórios a ultrapassar este momento difícil.

Aprovado foi também, o “COVID-19, a Prevenção é a Solução – Capacitação e educação para a saúde nas comunidades de Mossuril, Monapo e Ilha de Moçambique” (Moçambique), que contará com a participação da Oikos – Cooperação e Desenvolvimento e da ADPM, que trabalharão em parceria com várias entidades locais.

O “COVID-19, a Prevenção é a Solução” pretende garantir o acesso à saúde de qualidade, promovendo o bem-estar para todos, em todas as idades, utilizando uma abordagem de educação para a saúde, através da consciencialização da população para a COVID-19.

Jorge Revez, presidente da Associação de Defesa do Património de Mértola, revela que estas candidaturas agora aprovadas vão permitir atenuar aquelas que são as consequências negativas da pandemia.

O sector empresarial e a área social são, segundo Jorge Revez, as duas áreas de atuação destes dois projetos, que são fundamentais para estes territórios.


Comente esta notícia