SÍMBOLO DA ACOS AGRICULTORES DO SUL
A ACOS-Associação de Agricultores do Sul, por considerar bastante relevante o trabalho realizado, afirma que manifestou, desde o início, o seu apoio a esta candidatura e destaca a importância do trabalho em parceria que tem vindo a ser realizado no sentido de gerar desenvolvimento, com preservação da biodiversidade, compatibilizando a actividade agrícola com a conservação da natureza.

O reconhecimento e visibilidade internacional dos valores naturais e dos produtos locais, potenciados pela classificação da UNESCO com a recém distinguida Estepe Cerealífera de Castro Verde, fazem aumentar a necessidade de tomada de medidas a curto, médio e longo prazo para mitigar os efeitos das alterações climáticas já sentidas na região, como afirma Claudino Matos, director geral da ACOS.

De acordo com a ACOS, o Campo Branco é uma extensa zona de sequeiro com uma importante actividade pecuária, designadamente bovinos, ovinos e suínos, cereais e montado, onde as adversidades têm vindo a ser transformadas em desafios, devido a um trabalho conjunto entre as diferentes instituições e a comunidade de agricultores local.

Comente esta notícia