NOTAS DE EURO CONTAGEM

O preço da eletricidade vai subir 2,5% para a generalidade dos clientes e 0,9% para os que usufruem da tarifa social, mas a proposta da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) ainda tem de ser validada.

O preço da água depende da área de residência de cada contribuinte, mas espera-se contudo, um aumento dos preços no Litoral e uma redução no Interior.

Em 2016, as telecomunicações vão sair mais caras para todos. A Meo e a Nos já anunciaram aumentos entre 50 cêntimos e um euro.

Na banca, as comissões vão aumentar e a Caixa Geral de Depósitos é a entidade bancária em que as subidas mais se farão sentir.

Os preços do pão e das rendas não deverão sofrer grandes alterações e o mesmo se espera nas portagens.

Nos transportes públicos ainda não se sabe o que vai acontecer, mas na saúde sabe-se que a interrupção voluntária de gravidez passa a ser paga, que nas urgências hospitalares o utente não pode pagar mais de 50 euros e que as taxas moderadoras nos Serviços de Atendimento Permanente (SAP) custarão cinco euros, em vez dos atuais 10 euros.



Comente esta notícia