Conferências 1ª Guerra

Um dos temas em destaque, na sessão de hoje, é “A grande guerra em Angola em 1914-1915”, e nela será feita uma análise político-militar das expedições de Alves Roçadas e Pereira d'Eça, pelo tenente-coronel Luís Machado Barroso, doutorado em História, Defesa e Relações Internacionais, investigador no CEI do ISCTE e professor no Instituto Universitário Militar.

Nesta ação discute-se, ainda, “O CEP em França: a organização para o combate de infantaria”, pelo tenente-coronel Pedro Marquês de Sousa, doutorado em História, pela Universidade Nova e professor na Academia Militar.

De acordo com a Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja (adpBeja), este ciclo de conferências temáticas pretende “evocar e homenagear aqueles que participaram nesse acontecimento crucial da história portuguesa e mundial”.

Está, também, a ser preparada uma exposição para o final do ano, altura em que se comemoram os 100 anos do armistício, onde será destacada “a participação portuguesa com ênfase ao regimento de Infantaria 17”.

De forma a enriquecer a exposição, a organização da iniciativa apela aos descendentes que contribuam com legados da época, nomeadamente, “fotografias, cartas, utensílios, vestuário e outros artefactos relacionados com a presença do seu antepassado nas campanhas militares”.

Esta é uma iniciativa que junta em parceria a Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja (adpBeja), o Regime de Infantaria 1(RI1), a Câmara Municipal de Beja, a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL), o Diário do Alentejo (DA) e a Liga dos Combatentes. 



Comente esta notícia