ARQUIVO


Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor...


A Biblioteca de Beja assinala o Dia Mundial do Livro e abre portas a toda a população com um variado leque de actividades que se estende pela noite dentro.

23 de Abril, hoje, assinala-se o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor e a Biblioteca Municipal José Saramago de Beja volta a assinalar a data com um variado leque de iniciativas.

Paula Santos, directora da Biblioteca de Beja, afirma que o trabalho que é desenvolvido ao longo do ano, em torno da promoção do livro e da leitura ganha hoje especial relevo com um dia de muita festa.

Ainda segundo Paula Santos os bejenses são cada vez mais “amigos” do livro e comprovar esta ideia estão os “números” que dão conta que Beja é das cidades onde mais se lê.

Durante a manhã as actividades são realizadas a pensar no público escolar, depois a seguir ao almoço há um programa para pais e filhos que começa, às 14.30 horas, com “Livros de trapo”-oficina de criação de livros de pano, segue-se às 16.00 horas “Pintar a Manta” uma oficina de pintura mural e às 17.45 horas “Barrigas cheias de histórias-O que é? O que é? Som na mão e dança no pé...” por Margarida Mestre.

“Bichos de carapaça em loucas correrias”-prova de velocidade com animais com carapaça é a proposta para as 18.00 horas e uma hora depois, às 19.00 horas, há “Histórias para vestir o pijama” pela Prata da Casa e a Ana Sofia Paiva. A ideia é que os mais pequeninos levem o pijama, a manta e as pantufas e a biblioteca dê a canja e as histórias, depois é só chegar a casa e dormir.

Ao final da tarde o convite alarga-se a toda a população, para as 18.30 horas está agendada a inauguração da exposição “A voz do leitor” e do mural “Eu sou a biblioteca”, à mesma hora há conversas à volta de um livro com Luís Afonso e Margarida Fonseca Santos autores de “Comboio das cinco” e “Escrita em dia”.

Às 20.00 horas realiza-se um jantar literário e, entre as 21.00 e as 23.00 horas, a iniciativa “Eu quero ir à Biblioteca!”, duas horas de actividades para pais enredados em conversas com livros dentro.

“Caleidoscópio-histórias criadas e contadas” por José Campanari é a proposta para as 23.30 horas e a partir da meia noite e meia, a encerrar um dia de muita festa, há modas de antigamente com Paulo Colaço e Ana Sofia Paiva.

Inês Patola

 


 

23/04/2013 - 07:00