ARQUIVO


Candidatura do PS à Câmara de Beja alvo de providência cautelar…


O Movimento Revolução Branca vai apresentar providência cautelar contra candidatura de Jorge Pulido Valente, pelo PS, à câmara de Beja, avança o “Diário Económico”.

Depois de António Sebastião, pelo PSD, e de João Rocha, pela CDU, chegou agora a vez do PS e o alvo do Movimento Revolução Branca é Jorge Pulido Valente.

Ao “Diário Económico”, Paulo Romeira do Movimento Revolução Branca afirmou que o caso de Jorge Pulido Valente "é idêntico aos outros. Terá de interromper as funções autárquicas durante quatro anos para se poder voltar a candidatar".

Jorge Pulido Valente já reagiu a esta decisão do Movimento Revolução Branca, afirmando ao “Diário Económico” que está “tranquilo e confiante", argumentando que o seu caso não pode ser incluído no grupo dos autarcas que têm sido alvo de providências cautelares.

Ana Elias de Freitas

11/04/2013 - 14:41