ARQUIVO


Freguesias: Proposta de “fusão” contestada pelos autarcas...


Os presidentes das juntas de freguesia de Quintos e Salvada contestam a proposta de fusão das duas freguesias e  lamentam que não tenham sido ouvidos neste processo.

A proposta apresentada, à Assembleia da República pela Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território está, esta semana, em destaque na Voz da Planície com enfoque naquilo que é proposta para o distrito de Beja.

Se a proposta for para a frente o distrito de Beja passa de 100 para 75 freguesias, só 4 dos 14 concelhos é que “escapam” a esta proposta nomeadamente Alvito, Barrancos, Cuba e Vidigueira.

Dos 10 concelhos onde são propostas agregações de freguesias o mais afectado é o de Beja que passa das actuais 18 para 12, na cidade as 4 freguesias urbanas dão origem a duas tendo em conta a fusão de Santiago Maior com São João Baptista e de Salvador com Santa Maria da feira.

Nas freguesias rurais é proposta a fusão de Albernoa com Trindade, Santa Vitória com Mombeja, Trigaches com São Brissos e Salvada com Quintos.

Sérgio Engana, presidente da Junta de Freguesias de Salvada, afirma que esta reforma é contrária aos interesses das populações e viola os interesses e legítimas aspirações neste caso das freguesias de Salvada e Quintos.

António Felizardo, presidente da Junta de freguesia de Quintos, afirma que nunca pensou que a sua “freguesia” pudesse ter um fim e lamenta a forma como decorreu todo este processo sem que os autarcas tivessem sido consultados. Ainda assim, António Felizardo lá vai dizendo que se tiver mesmo que haver fusão então que seja com Salvada.

  Inês Patola


12/11/2012 - 07:00