Dossiers

Feira de Moura explora caminhos para a cooperação e o desenvolvimento...
30/11/-0001

A Comissão organizadora da Feira de Maio inclui várias entidades do concelho, entre as quais a Comoiprel, Cooperativa de Interesse Público que promove várias iniciativas desde a exposição central, acções dedicadas à caça, pesca e biodiversidade e, entre

A Feira de Maio, que se realiza em Moura entre esta quinta-feira e domingo, é da responsabilidade do Município local mas integra na Comissão organizadora várias estruturas empresariais do concelho.

Um dos exemplos é a Comoiprel, a Cooperativa de Interesse Público que, em conjunto com a Câmara Municipal de Moura, tem a responsabilidade de várias actividades no evento: desde a exposição central, ao Salão de Caça e Pesca que inclui expositores e animação e ainda o Fórum da Escola Nacional de Caça, Pesca e Biodiversidade que vai dar prevalência às dinâmicas, potencialidades e constrangimentos do mundo rural. Além destas acções, a Comoiprel promove ainda diversas outras actividades, conforme nos explica Antónia Baião, responsável daquela estrutura de capitais públicos.

“Caminhos para a Cooperação e Desenvolvimento” é o nome da acção que traz à Feira de Moura vários parceiros com diferentes nacionalidades, desde o Brasil, a S. Tomé e Príncipe, com o intuito de estreitar laços de cooperação intercultural e empresarial.

A Comoiprel é uma cooperativa de interesse público, tendo como sócios maioritários, o Município de Moura e as juntas de freguesia. A sua área de intervenção vai desde a cinegética, ao turismo, artesanato, agricultura, energias renováveis. A formação é outra das suas áreas de intervenção, dado que a Comoiprel é a proprietária da Escola Profissional de Moura.

Organização multifacetada, esta cooperativa trabalha ainda outros projectos de intervenção comunitária e social e de promoção do diálogo intercultural e inter-religioso, por via do apoio à integração de imigrantes.

Galeria de fotos