Dossiers

Estrada Municipal - Apresentação do Projecto
30/11/-0001

O programa “Estrada Municipal: O caminho que nos leva à sua terra”, tem como propósito central a valorização das potencialidades de cada freguesia; “histórias de sucesso” do empreendedorismo local; a riqueza da memória coletiva, com o objetivo de promover a coesão territorial dando a conhecer à opinião pública a importância e o contributo destas unidades territoriais para o desenvolvimento da região. Os programas vão ser emitidos a partir das várias freguesias rurais do distrito de Beja.

“Estrada Municipal” é um programa que pretende revelar novos horizontes assentes na raiz identitária das comunidades rurais. Procura divulgar a riqueza das freguesias e das suas gentes, o seu património, a cultura, os projetos empreendedores, os saberes enraizados na memória comunitária.

Através de um levantamento de campo, a Voz da Planície dará voz, na primeira pessoa, à riqueza dos valores identitários procurando as raízes que suportam o desenvolvimento futuro. Tem ainda como propósito “perpetuar valores que ameaçam extinguir-se”. No essencial “são memórias, com recurso ao registo da oralidade, que poderão perder-se com o finamento das gerações mais idosas”. Isto porque, “a influência de conteúdos de matriz cosmopolita e urbana contribuem para a desconstrução acelerada da realidade memorial, constituindo esta um repositório cultural que marca a diferença”.

Como meio de comunicação de proximidade, de ligação às comunidades locais, a Rádio Voz da Planície realça, através deste projeto, o seu papel de serviço público. Ao contribuir para a divulgação dos recursos e das potencialidades do meio rural, o serviço público de rádio contribui para novas perspetivas de desenvolvimento sustentado.

Desenvolvido nas freguesias rurais da Zona de Intervenção da Alentejo XXI- Associação de Desenvolvimento Local e que abarca os concelhos de Beja, Aljustrel, Mértola, Castro Verde e Vidigueira, este projeto resulta de uma iniciativa comunitária promovida pelo Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território e cofinanciada pelo FEADER, no âmbito do PRODER.